Um grupo explodiu, na madrugada desta quarta-feira(27), uma agência do Banco do Bradesco em Boqueirão, no Cariri paraibano.

De acordo com a Polícia Militar, o grupo que estava fortemente armado, arrombou a porta da agência e detonou explosivos no único caixa eletrônico em funcionamento. Por conta da explosão, o prédio ficou completamente destruído.

Ainda conforme a PM, os grupo fugiu levando dinheiro, mas o valor roubado não foi divulgado. Na hora da fuga, eles deixaram uma banana de dinamite na agência. Devido ao risco de nova explosão, uma equipe do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) foi acionada para remover o equipamento do local de forma segura.

Os municípios de Barra de São Miguel e Cabaceiras estariam na rota de fuga dos bandidos. Equipes da polícia fazem rondas na região, mas até esta publicação nenhum suspeito tinha sido preso.

Segundo levantamento do Mapa da Violência do Sindicato dos Bancários da Paraíba, com este atentado, sobe para 48 o número de casos de ataques a agências bancárias apenas neste ano. O Bradesco é recorde em explosão, tendo 23 registros. O Banco do Brasil vem em seguida com dez casos notificados.

 

Com Mais PB