4

O ministro da Aviãção Civil do Egito, Sherif Fathi, afirmou nesta quinta (19) ser “mais forte” a possibilidade de que um ataque terrorista tenha causado a queda do avião da EgyptAir do que um acidente aéreo.

Fathi, que fez a declaração após ser questionado por um jornalista durante uma coletiva, disse não querer tirar conclusões antecipadas, mas que análise preliminar aponta para o terrorismo como causa mais possível.

O avião, com 66 pessoas a bordo (56 passageiros e 10 tripulantes), caiu no mar Mediterrâneo durante um voo entre Paris e Cairo