prounixOs candidatos a uma das bolsas do Programa Universidade Para Todos (Prouni) que morem na Paraíba devem ficar atentos ao prazo de inscrição, que se encerra nesta quinta-feira (29) às 22h59 no horário local. O horário oficial de 23h59 divulgado pelo programa é o de Brasília, que está com o relógio uma hora adiantado por causa do horário de verão, que se encerra no dia 22 de fevereiro. A Paraíba está fora da região afetada pelo horário de verão.

A Paraíba recebeu até a 18h (horário de Brasília) de quarta-feira (28) um total de 29.317 inscrições. O estado oferece 2.263 bolsas de estudos pelo programa e os interessados podem se inscreverno site do Prouni.

O Prouni é uma alternativa para os alunos que não são aprovados nas universidades públicas pelo Sisu e  concede bolsas de estudo integrais e parciais (50%) em instituições privadas de ensino superior, em cursos de graduação e sequenciais de formação específica, a estudantes brasileiros sem diploma de nível superior.

 

 

Para se inscrever, o interessado deve ter participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2014 e ter obtido, no mínimo, 450 pontos na média das notas do exame. É preciso, ainda, ter obtido nota acima de zero na redação. Para efetuar a inscrição, o candidato deve acessar o site do Prouni e informar seu número de inscrição e sua senha no Enem 2014.

O candidato pode se inscrever no Sisu e no Prouni, desde que atenda aos critérios do programa. Mas caso seja selecionado nos dois programas, terá de escolher entre a bolsa do Prouni ou a vaga do Sisu.

Lista de aprovados
O processo seletivo é constituído de duas chamadas sucessivas: a primeira no dia 2 de fevereiro e a segunda no dia 19 de fevereiro.

Critérios
Para concorrer às bolsas do Prouni, o candidato deve cumprir os seguintes quesitos:
1. Renda:
– Para concorrer às bolsas integrais: renda familiar bruta mensal de até um salário mínimo e meio por pessoa;
– Para concorrer às bolsas parciais: renda familiar bruta mensal de até três salários mínimos por pessoa;
2. Escolaridade:
– Não ter diploma de ensino superior;
– Ter feito o Enem 2014, tendo obtido no mínimo 450 pontos na média das notas do exame e não tendo tirado zero na redação;
3. Vida escolar:
– Ter cursado o ensino médio completo na rede pública ou na rede privada como bolsista integral da própria escola OU
– Ter cursado o ensino médio parcialmente em escola da rede pública e parcialmente em escola da rede privada, na condição de bolsista integral da própria escola
4. Outros casos:
– Pessoas com necessidades especiais;
– Professor da rede pública de ensino, no efetivo exercício do magistério da educação básica e integrando o quadro de pessoal permanente da instituição pública, pode concorrer a bolsas exclusivamente nos cursos de licenciatura. Nesse caso, não há requisitos de renda.