5

A partir do mês de março, a vida de vinte catadores de lixo da cidade de Monteiro começará a mudar. Será implantado na cidade o projeto ALEGRES (Aceleração da Logística Empregada na Gestão de Resíduos) onde os trabalhadores passarão por reuniões, palestras e treinamentos e através da Secretaria de Desenvolvimento Social receberão bicicletas adaptadas para a otimização do processo de coleta e separação do lixo reciclável.

Por meio das bicicletas de alumínio equipadas com uma carroça integrada à estrutura do veículo, fardamento e luvas os beneficiados vão integrar um sistema de incentivo à reciclagem, em que os catadores vão deixar o ambiente insalubre do lixão da cidade, trabalhando em equipe pelas ruas da cidade.

A coleta se dará da seguinte forma, no período, noturno em dias preestabelecidos os catadores recolherão todo o lixo reciclável na própria rua, este lixo passará pelo separador de resíduos em seguida a produção será levada para a sede da ALEGRES onde será pesado, enfardado e catalogado seguindo diretamente ao comprador final, deixando de passar pelo atravessador. Ou seja, os catadores receberão um valor ainda maior pelos resíduos coletados.

Para fazer parte deste programa, os catadores devem se dirigir à Secretaria de Desenvolvimento Social para que seja feito um cadastramento. Os vinte primeiros trabalhadores a receber as bicicletas serão orientados a fazer o cadastro do MEI (Micro Empreendedor Individual) para que seja feito o recolhimento do imposto INSS (recolhimento para finalidade de aposentadoria).

O objetivo do projeto é trazer dignidade ao catador transformando a rotina de trabalho, realizando a inclusão dos mesmos através de programas sociais, aumentando também a receita e a qualidade de vida tornando-os independentes.

Para a secretária de Desenvolvimento Social, Rosa Aleixo, este é mais um projeto que visa assegurar aos monteirenses menos favorecidos a oportunidade de terem uma vida mais digna “Essa ação é muito importante, a prefeitura vai fornecer toda a estrutura para que os catadores possam ter uma renda maior, pois com a eliminação do atravessador nessa logística os trabalhadores terão um lucro imensamente maior e com a garantia de que todo o seu apurado será recebido integralmente já que o comprador fará o pagamento diretamente na conta da pessoa que vendeu. Estamos ansiosos para ver o ALEGRES em ação”.

ALEGRES – O projeto integrará as secretarias de Desenvolvimento Social, Educação e Saúde. As pessoas beneficiadas com as bicicletas passarão por treinamentos, palestras e serão incentivados a receber todas as vacinas.

O município também será beneficiado de forma geral, pois com a coleta dos materiais reciclados o lixão da cidade receberá apenas o lixo orgânico ou lixo molhado costumeiramente falando. De acordo com a implantação do ALEGRES a sociedade poderá adotar também o hábito de separar o próprio lixo dentro de casa, gerando uma consciência em que o meio ambiente também ganhará