No dia 25 de novembro, no Complexo Esportivo Rio Sport Center na Barra da Tijuca, acontece a primeira edição do Champions Ligay, campeonato de futebol criado para quebrar preconceitos e mostrar que não há distinção para a prática do esporte mais popular do Brasil. Na disputa, oito times gays de Porto Alegre, Florianópolis, São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Brasília brigam pela taça.

O campeonato terá início às 12hs e término às 19hs, com entrega da taça ao time campeão. Participam dos jogos, os times Beescats e Alligaytors (RJ), Futeboys e Unicorns (SP), Bharbixas (BH), Bravus (DF), Magia (RS) e Sereyos (SC). Para encerrar com chave de ouro, os organizadores promovem uma grande festa, a partir das 20hs com intuito de celebrar a inclusão LGBT no mundo futebolístico, com show do grupo “Candybloco”, tocando os maiores sucessos das divas pop em ritmos brasileiros.

Para enriquecer ainda mais a experiência, uma praça de alimentação, presença de FoodBike e bar compõem o polo gastronômico do evento. Pista de dança, performances musicais de Drag-Queen, mini-feira hype, diversos sorteios e uma quadra extra (grama sintetica) liberada para quem for ao evento e quiser jogar futebol.

Cadeiras de massagens estarão disponíveis para os que desejarem relaxar, e a Barbearia Granado fazendo a barba dos interessados gratuitamente, proporcionando um tratamento completo com produtos para o pré e pós barba masculinos. DJ´s badalados na cena carioca como Leo Gattuso, Gustavo Bresciani, Luis Totti, Gael Augusto e Pedro Gariani prometem arrasar nos pick ups durante as 13 horas de evento, até a uma da manhã.

O evento promete agitar o público sendo GRATUITO. Apenas o ingresso para a festa de encerramento custa R$30,00 (Trinta reais) e deve ser adquirido pelo site http://goo.gl/tV1NVM ou pelo telefone e whatsapp (21) 99801-2211. O ingresso dá direito a Transfer gratuito (das 14h às 18h) saindo do Metrô Jardim Oceânico para o complexo esportivo Rio Sport Center.

Pioneiros no assunto, os times Unicorns (SP) e Beescats (RJ) formaram times gays de futebol, que atraíram a atenção de muitos interessados no esporte, que não encontravam espaço para praticá-lo. “Apesar de ser um campeonato de futebol envolvendo times gays, o evento é para toda a família, sem distinção” afirma André Machado, fundador do Bees Cats e organizador da Champions LiGay. São esperadas em torno de 600 pessoas no dia do evento.