Cerca de 48 delegações de Câmaras presentes, mais de 200 parlamentares, diversos prefeitos, deputados estaduais e um deputado federal marcaram presença no Levante do Cariri contra a Reforma da Previdência. O evento foi realizado na tarde desta sexta-feira (24), na praça central de São João do Cariri.

O encontro foi organizado por vereadores do Cariri preocupados com o impacto do projeto de Reforma da Previdência apresentado pelo presidente Michel Temer ao Congresso Nacional. Apesar da reclamação a vários pontos da PEC 287, a principal queixa e preocupação dos líderes do Cariri é com relação à aposentadoria especial, isto é, dos agricultores que poderá ter que pagar a Previdência como qualquer trabalhador urbano para ter acesso a se aposentar.

O único deputado com direito a voto no Congresso Nacional e presente ao evento foi Rômulo Gouveia. O parlamentar, que chegou a ser hostilizado por parte do público presente por conta da recente votação do projeto da Terceirização, disse que não votaria a favor da Reforma da Previdência tal como ela foi enviada pelo Governo Federal, especialmente no ponto relacionado aos agricultores.

“Eu vou analisar ponto a ponto da Reforma e aqueles que julgar ir de encontro a conquistas históricas da população não contará com minha aprovação. Desde já, eu repudio por completo o ponto referente à aposentadoria dos agricultores”, disse Rômulo.

Os deputados estaduais Tovar Correia Lima, Estela Bezerra, Trócolli Júnior e Inácio Falcão também estiveram participando do ato. Tovar disse que estava no evento representando o deputado federal Pedro Cunha Lima e afirmando que o deputado não votaria a favor da Reforma da Previdência como a mesma está posta. Representantes de Luís Couto também estiveram no evento e reafirmaram a postura contrária do deputado a PEC da Previdência, como também Wilson Filho enviou comunicado prévio confirmando apoio a reivindicação dos vereadores do Cariri.

Segundo o presidente da Câmara de São João do Cariri, Hélio Moraes, a luta não acaba com o fim do evento. “Nós iremos agora formular a “Carta do Cariri” com todas as assinaturas dos presentes e vamos reunir uma comitiva de presidentes de Câmaras para ir à Brasília entregar em mãos a cada deputado e senador paraibano o manifesto aprovado no Cariri.

O evento contou com a participação da população, de representantes dos movimentos sociais e dos prefeitos de Caraúbas, São João do Tigre, São João do Cariri, Gurjão, Barra de São Miguel, Cabaceiras e São José dos Cordeiros.

FONTE: DEOLHONOCARIRI