Uma das situações mais estarrecedoras dos últimos anos, Monteiro e região vive dias difíceis, o caos da falta de segurança no estado trouxe graves consequências, uma realidade que hoje não se limita apenas aos grandes centros, mas todo o interior paraibano é vítima da tal fatídica violência.

Mesmo diante de grande aparato policial; polícias civil, militar, corpo de bombeiros e o helicóptero Acauã, onde se esperava uma mega operação, os bandidos não se intimidaram e continuaram roubando, assaltando, arrobando estabelecimentos comerciais e cometendo assassinatos.

Nesse quarta-feira em Sumé, criminosos não se intimidaram com a quantidade de policiais na cidade, entraram em um bairro, efetuaram vários disparos e assassinaram um jovem de 24 anos, além de atingir uma menor, namorada da vítima. Ainda na quarta-feira, em Serra Branca tomaram um moto de assalto de um menor, outro fato foi registrado em Monteiro, já na madrugada da quinta-feira foi registrado um arrombamento a um estabelecimento comercial, à tarde assalto a mão armada a uma distribuidora e também à tarde um outro roubo a uma motocicleta.

Vários outros arrombamentos são registrados com frequência em Monteiro; Casa de peças, Distribuidora de bebidas, farmácias, além de residências na cidade e zona rural. Acredita-se que todos os casos em Monteiro estejam relacionados a uma quadrilha, portanto é possível que em breve a polícia possa apresentar resultados positivos a sociedade.

JRindependente