10

O ator Adeilton Pereira Dias, de 49 anos, não tem diagnóstico de morte encefálica e um novo teste deve ser realizado nesta terça-feira, 16, para confirmar se o cérebro apresenta atividade ou não. A informação foi dada pelo neurocirurgião responsável pelo acompanhamento do comediante no início da noite de hoje, durante uma entrevista coletiva. O médico afirmou que não pode ainda descrever “morte encefálica” embora o protocolo aberto seja para verificar se isso aconteceu. Ele acrescentou, contudo, que o quadro é irreversível.

“Entramos num protocolo de morte encefálica porque o paciente teve uma piora e ele está sendo mantido por aparelhos. Está havendo aumento no nível de suporte, ele está precisando de mais oxigenação e medicação para ser mantido na terapia intensiva. O processo é irreversível. Estamos apenas fechado um protocolo, mas o quadro é irreversível”, disse Gustavo Patriota.

“Quando se abre um protocolo de morte encefálica, é muito difícil haver uma reação. O quadro realmente é gravíssimo. A família está bem próxima, mas está ciente de todos os acontecimentos porque nós informamos. Pedimos até que a imprensa e os fãs respeitem o momento da família porque ela está muito angustiada”, disse a médica Sabrina Bernardes, diretora de assistência médica do Hospital de Trauma.

A sobrinha do ator, Janaína Dias, fez um desabafo após a coletiva e reclamou das várias notícias improcedentes que desde ontem informavam a morte do criador da personagem “Biuzinha”:  “O que eles [médicos] falaram é o que está acontecendo. A toda hora diziam que meu tio tinha morrido. Ontem, quando dei entrevista, disse que a Companhia Paraibana de Comédia e a família não esconderiam a verdade de ninguém”.