A jovem radialista Elaine Trezena, residente na cidade de Sumé, sofreu no início da noite desta segunda-feira (18), sequestro relâmpago. O crime aconteceu por volta das 19:40h, no bairro de Várzea Redonda, precisamente próximo ao campo de futebol da cidade. Segundo informações, a vítima foi levada a força em direção a estrada de São José dos Cordeiros.

Após algum tempo de muito sofrimento, Elaine foi liberada, mas antes de liberá-la no meio da estrada, os bandidos  colaram a boca, mãos e joelhos da vítima com cola super bond.

A vítima foi encaminhada para o Hospital Alice Almeida em Sumé. De acordo com informações apuradas pelo CARIRI EM AÇÃO, ela está bem. A polícia está investigando o caso, mas não se sabe qual a motivação do crime.

Um fato chama atenção que Elaine Trezena usou da rede social (Instragam) às 17:45 para deixar uma mensagem de “Amém”, acompanhada de uma frase: “Eu não posso ver, mas Deus está comigo todos os dias”. Aparentemente ela estava bem, mas poderia está com receio de algo ou sabendo de algo a mais.