Integrantes do Movimento Sem Terra (MST) e da Associação dos Docentes da Universidade de Campina Grande (ADUFCG) bloquearam na manhã desta sexta-feira, dia 30, o trecho da rodovia BR-214 no Cariri Paraibano, nas proximidades da entrada do município de Prata/PB.

A ação faz parte das atividades que acontecem em todo o país nesta sexta-feira, dia 30, como forma de protesto contra a reformas do Governo Temer, entre elas, a previdenciária e trabalhista.

Os manifestantes fecharam os dois sentidos da rodovia BR 412 e devem liberar no início da tarde. A Polícia Militar está no local, dando segurança aos manifestantes e aos motoristas. Já a Polícia Rodoviária Federal (PRF) está se deslocando até o local. A fila de veículos já ultrapassa mais de 3 km.

Segundo a professora da UFCG, Maria do Socorro, hoje é um dia de luta nacional em defesa dos direitos dos trabalhadores. Ela afirmou que a proposta do governo federal para modificar a Previdência Social, trabalhista e outras apresentadas pelo presidente Temer causarão prejuízos aos trabalhadores.

Já de acordo com um integrante do MST, conhecido como Novo, os trabalhadores estão  mobilizados com manifestações em vários pontos do estado e protestamos contra essa reforma e o governo de Michel Temer. A Reforma mexe diretamente nos direitos da classe trabalhadora e o MST convoca a população para lutar pelos seus direitos.

Informações de CARIRI EM AÇÃO