4

Secretários municipais e funcionários públicos de 15 cidades do Cariri paraibano estão se capacitando para promover o desenvolvimento territorial da microrregião. Até a próxima sexta-feira (10), eles estão participando do curso de Agentes de Desenvolvimento, na agência do Sebrae em Monteiro. Os agentes formados terão o papel fundamental de atuar na comunidade, assegurando o conhecimento, envolvimento e comprometimento para o desenvolvimento dos seus municípios.

Além de Monteiro, as outras cidades que estão capacitando os agentes são Sumé, Serra Branca, Prata, Ouro Velho, Amparo, São José dos Cordeiros, Livramento, Coxixola, Caraúbas, Congo, Camalaú, Zabelê, São Sebastião do Umbuzeiro e São João do Tigre.

Para a gerente do Sebrae em Monteiro, Madalena Arruda, o momento é de integração. “Estamos dando continuidade às estratégias de desenvolvimento territorial, em um processo de parcerias com as prefeituras, com os gestores públicos responsáveis, comprometidos com seus municípios. O AD hoje não é só um agente, ele tem um papel fundamental nessa interlocução entre Sebrae e prefeituras, dentro do plano estratégico de cada município”, pontuou.

Após a capacitação, os municípios citados assinarão o termo de cooperação entre Sebrae e prefeituras para o  desenvolvimento do  plano  de cada município. “O foco desses trabalhos é na criação de um ambiente favorável aos pequenos negócios, dos setores do agronegócios, serviço, comércio e industria”, explicou. Estas ações estão alinhadas ao Pacto Novo Cariri, um pacto de cooperação entre os segmentos público e privado, que é feito para o desenvolvimento sustentável do Cariri paraibano.

Durante o curso de AD, os participantes discutirão temas ligados ao empreendedorismo, principalmente os que podem ser executados pelos participantes, secretários e funcionários municipais. São eles: “Ação local para o Desenvolvimento Econômico”, “Agente de mudanças”, “Liderança e Poder”, “Melhorando o ambiente para o Desenvolvimento”, “Gestão Pública Municipal” e “Implantação da Lei Geral Municipal”.