2

A assinatura da ordem de serviço da terceira e última etapa do sistema de esgotamento sanitário da cidade de Monteiro aconteceu na tarde desta terça-feira, 31, na sede da Prefeitura do município, na presença da prefeita Anna Lorena, do Chefe do Departamento de Engenharia da Saúde Pública da FUNASA, Leonardo Tavares, do superintendente regional da FUNASA na Paraíba, Jackson Lucena, da ex-prefeita Edna Henrique, representantes da CAGEPA e da empresa responsável pelas obras.

Para Leonardo Tavares, Chefe do Departamento de Engenharia da Saúde Pública da FUNASA, que na ocasião representou o Presidente da Fundação “o início da terceira etapa é uma obra de ampliação da rede coletora de esgoto, onde vamos chegar aos 98% da cidade atendida com esgoto tratado. O valor desta obra que está em praticamente R$ 4 milhões, que vai além de tudo gerar emprego e renda para a cidade e fará de Monteiro uma referência em saneamento básico não só na Paraíba como no Nordeste”.

A prefeita Anna Lorena disse se sentir feliz por Monteiro obter praticamente 100% de saneamento durante sua gestão, o que será um marco. “É uma obra para ficar na história de Monteiro, seremos a primeira cidade do interior da Paraíba a ficar praticamente 100% saneada”.

A implantação total do Projeto de Saneamento Básico da cidade de Monteiro, que é um dos mais complexos da Paraíba e único no Cariri, tem validade de 20 anos. Dados do SIAB (Sistema de Informação da Atenção Básica) mostram que a cidade possui um índice maior que a média nacional no percentual de domicílios com rede de esgoto.

A ex-prefeita Edna Henrique destacou o incansável empenho que ela teve a frente da gestão do município para que esta obra fosse iniciada e da satisfação em repassar para Anna Lorena, atual prefeita, a responsabilidade de finalizar este fruto que só somará ao crescimento de Monteiro.

Ao assinar a ordem de serviço, o superintendente regional da FUNASA, Jackson Lucena, afirmou que a CAGEPA também contribuirá com a obra no tocante à fiscalização dos serviços, dado mais celeridade aos serviços que serão iniciados imediatamente pela empresa responsável.

Já o diretor de Expansão da CAGEPA, Simão Almeida, disse que a concessionária abraçou a causa, e irá trabalhar juntamente com a FUNASA para que haja a cooperação e apoio para a celeridade desta obra. “Contamos com duas engenheiras de manutenção e obras semanalmente e dois técnicos diariamente para suporte, assegurou.”

Após a assinatura da ordem de serviço a prefeita Anna Lorena convidou os presentes para uma visita as lagoas de maturação e facultativa, que entraram em funcionamento nesta terça-feira.