Um homem suspeito de interceptar o percurso da água da transposição do Rio São Francisco entre os municípios de Caraúbas e Congo, no Cariri da Paraíba, foi multado em R$ 10 mil nesta quinta-feira (17).

O flagrante aconteceu durante operação conjunta de fiscalização realizada pela Polícia Ambiental, Polícia Militar e Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

De acordo com a polícia, o homem foi autuado em flagrante e multado por construir uma passagem molhada no Rio Paraíba e barrar o fluxo da água da transposição.
Na mesma operação um agricultor também foi multado em R$ 5 mil por ser suspeito de praticar desmatamento na zona rural do município de Camalaú. Diversos objetos foram apreendidos no local, incluindo um motosserra e duas armas de fogo.
A operação de fiscalização durou dez dias e as equipes percorreram os municípios de Sumé, Congo, Caraúbas, São Domingos, Cabaceiras, além de Camalaú. A identidade dos envolvidos não foi revelada e o caso será encaminhado para o MPF.